IVAN DE ALMEIDA: QUEM É O CAIXEIRO VIAJANTE QUE COMEÇOU DO ZERO, HOJE EMPRESÁRIO DE SUCESSO E GRANDE LIDER POLITICO QUE SE LANÇA COMO PRÉ CANDIDATO A PREFEITO PELO PL?

Ivan de Almeida com sua mae dona Carmosa
Ivan perdeu há pouco tempo aquele que era seu cunhado/irmão

Para uma idade tão precoce e já assumindo tantas responsabilidades, ele poderia ter sido mais uma das milhares de pessoas que vieram atrás do ouro no eldorado do Tapajós.  Mas mal Itaituba sabia que estava em 1974 ganhando um dos empresários mais arrojados e promissores da região, um empreendedor  visionário que mesmo começando do zero chegou a escala dez de sucesso na vida graças a sua determinação, e coragem para trabalhar e um dia vencer na vida saindo de sua condição de nordestino pobre mas que sonhava um dia dar uma vida melhor aos seus pais e  irmãos de maneira honesta e honrada.

 Cursou somente o Ensino Fundamental o fato de não poder concluir um curso superior não impediu que provasse ser um administrador  de talento com a sabedoria que a vida lhe deu e pela força do trabalho que sempre foi uma marca registrada sua e de sua família.  Mas antes de narrarmos sua jornada em Itaituba vamos voltar um pouquinho no tempo. João Ivan Bezerra de Almeida com pouco ou quase nada de dinheiro no bolso se mandou para São Paulo aos 19 anos em 1974  em busca de trabalho,  e no linguajar do sertanejo  sua mala era um saco e o cadeado era um nó .

  Ivan deixou pra trás por força das circunstancias seus pais Manuel Gomes de Almeida  (In Memorian)  e sua mãe Dona  Carmosina  conhecida por Carmosa.    Quando chegou a São Paulo pela primeira vez  Ivan estava pisando numa terra inóspita, estranha sem conhecer ninguém e o que restou do dinheiro dava apenas para um café e talvez uma diária numa pensão. Então precisava agir rápido conseguir logo um trabalho para não correr o risco de dormir  na rua ou ir para um abrigo.

Ivan de Almeida

Mas o jovem Ivan era muito determinado, ousado e mesmo viajando  em ritmo de aventura, como numa canção de Belchior sem parentes nem amigos importantes  e vindo do interior,  sabia que não iria voltar de mãos abanando.   Chegou num dia e no outro já estava trabalhando numa fábrica de fazer cordas, fazia de um tudo, mas sua função principal era ajudar a torcer a fibra até que virasse uma corda.      O dinheiro não era muito, mas como apesar da idade ele sempre foi pé no chão e excelente administrador com muita economia conseguiu suprir suas necessidades básicas.   Mas cinco meses depois  Ivan resolveu voltar ir pro norte com o que conseguiu juntar do seu trabalho de São Paulo,    em Março do mesmo ano (1974)  chegou em Santarém.   Lá Ivan passou a exercer sua segunda profissão de caixeiro viajante como se dizia antigamente, hoje vendedor autônomo ambulante ou camelô.  

  O jovem indômito nascido e criado em no Distrito de Santa Tereza,  (nasceu no dia 12 de Dezembro  de 1954)  município de Tauá no estado do Ceará, de uma família imensa , muito humilde  seus pais batalhando na agricultura e comércio,  Ivan passou a vender em Santarém diversos utensílios no crediário, vendia panelas, redes e outras mercadorias.

Ivan de Almeida começou como empregado, seu segundo emprego na vida ainda aos 19 anos de idade e solteiro.  Ivan trabalhou para um parente de prenome Francimar, na labuta diária por sinal muito árdua,  ele ganhava 5% das vendas e 10% das cobranças pois ele era vendedor e cobrador ao mesmo tempo, sua renda ficava em 15%,  mas não se limitava apenas a vender em Santarém (nesse tempo não havia fábricas por lá) Ivan de Almeida   viajava para Manaus e para outras cidades aqui da região,   sempre se destacando como o melhor vendedor,  além de sua honestidade o que fazia o seu patrão sempre liberar a quantidade de mercadoria que necessitasse e sempre levava em grande quantidade porém  Ivan nunca voltava com nenhum produto, era determinado e tinha tino,  jeito, talento pro ramo de vendedor.

Como Ivan de Almeida sempre acreditava que poderia alçar voos cada vez mais altos na vida nunca se contentava com o básico, sua sina de grande empresário corria no sangue cearense, de nordestino sofrido, mas de fé como todo nordestino que arriba no mundo para melhorar de vida.

 Ficou só seis meses em Santarém pegou seu apurado e se mandou para Itaituba terra que não conhecia e nem nunca tinha vindo nenhuma vez. Aqui também passou a trabalhar com crediário para uma loja de um comerciante de prenome Francinete,  como estava se destacando muito nas vendas,  o seu patrão precisava fazer uma viagem confiando plenamente em Ivan de Almeida o convidou para gerenciar sua loja, Ivan iria ganhar 20% no primeiro ano de trabalho e no segundo teve a garantia que iria entrar de sociedade.  Ivan trabalhava duro dia e noite, de sol a sol durante a semana na loja de  Francinete  e mesmo assim aos domingos que seria seu único dia de folga ele aproveitava para vender pelas  ruas da cidade seus produtos no crediário,  uma atividade que ele era exímio conhecedor haja vista que já havia trabalhado seis meses em Santarém nesse ramo.

Com a sociedade indo bem, a loja vendendo e obtendo bons lucros Ivan de Almeida começou paulatinamente a se estabilizar financeiramente e passou a ter sua própria loja denominada Tecidos Bezerra (que ficava na esquina aonde hoje é o cacau Lanche).  Com os negócios crescendo precisava de ajuda mandou buscar em Tauá sua terra natal, sua irmã Fátima de Almeida  que trabalhou em sociedade com Ivan. Fátima de Almeida também chegou bem jovem a Itaituba um ano mais velha que Ivan, solteira com 21 anos de idade.

Quatro anos depois o bem sucedido empresário trouxe para Itaituba sua irmã Cleide e seu esposo posteriormente Tânia de Almeida, Ildemário de Almeida.  Depois de trazer os irmãos Ivan trouxe seus pais, Manuel Gomes de Almeida (falecido em 1989) e Dona Carmosina  hoje ainda viva e com 87 anos de idade .  Aqui em Itaituba seu pai abriu um armazém de  secos  e molhados que foi bem gerenciado por seu pai que foi o professor de vendas de Ivan de Almeida na vida e deu bons lucros.  

Mas entrando na fase de novos investimentos Ivan de Almeida teve quatro comércios, pela ordem sendo a primeira uma de eletrodomésticos e produtos de armarinho, a segunda também de Eletrodomésticos, a terceira de estivas e a quarta também no segmento de Eletrodomésticos e secos e molhados funcionava aonde hoje é a farmácia Pag Menos.

 Na próxima reportagem falaremos sobre seus empreendimentos no garimpo e no ramo de construção civil.  Ivan de Almeida com muito orgulho costuma dizer que foi formado na faculdade da vida, mas se por circunstâncias da vida por  ironia do destino não pode estudar,  no entanto  sempre viu na educação uma importante arma de sucesso na vida de qualquer pessoa e investiu o que pode nos filhos sendo todos eles formados ,   sendo eles Whodson de Almeida,     (Administrador,   professor,  escritor e Coach)   Elaine de Almeida,  (Engenheira Civil que mora em Itaituba e também comanda a construtora de Almeida),   Rafaela de Almeida que mora em  Goiânia e é fisioterapeuta)  e  Kathiucia de Almeida  (professora nos  cursos de Medicina em faculdades  estado do Amazonas.

   Para Ivan além das grandes conquista materiais  na vida ele  considera a formação dos seus quatro filhos como o tesouro mais valioso que possa existir na vida de um pai que tem o prazer e orgulho de ver seus filhos fazendo sucesso profissional na careira que escolheram seguir.    O empresário por sua capacidade de grande  administrador na vida privada foi convidado e aceitou entrar na politica para demonstrar que também saberá administrar com transparência e competência na vida pública.

 A imagem de Ivan de Almeida é definida como a de um homem humilde, pacifico, solidário, competente que honra seus compromissos com honestidade e que não faz acepção de pessoas mesmo sendo um dos empresários mais ricos do Pará.   Não à toa numa primeira investida de campanha mesmo sem a devida experiência  (Concorreu pelo PSDB,  agora é pré candidato pelo PL)   demonstrou seus carisma e inegável liderança conquistando mais de quinze mil votos, desbancando a prefeita Eliene Nunes com toda força da máquina na mão e demonstrando pujança força e politica contra o atual prefeito que já é veterano na politica com disputa de sucessivas eleições.

(Observação na próxima reportagem especial falaremos sobre seus investimentos nos garimpos e na construção civil assim como de  sua visão politica como pré candidato sobre diversas áreas entre elas saúde e educação)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp chat