Transexual é morta a tiros em Itaituba na véspera do Réveillon; cunhada é suspeita

Uma transexual identificada como Ely Pimentel foi morta a tiros na madrugada desta terça-feira (31), na cidade de Itaituba, sudoeste paraense. 

De acordo com informações do portal Plantão 24 Horas News, de Itaituba, Ely foi morta a tiros após uma briga dentro da casa onde ela morava. Três disparos de arma de fogo foram ouvidos, segundo policiais militares que atenderam a ocorrência.

Segundo o portal Giro de Portal, a cunhada de Ely Pimentel, companheira do irmão dela, é considerada uma das principais suspeitas do crime. Ela teria fugido do local após o crime. 

No Facebook, o Grupo Tibira em Defesa da Diversidade no Tapajós fez postagem em homenagem à jovem, que trabalhava como atendente em uma lanchonete de Itaituba. 

fonte-Portal Giro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp chat