Afinal, a década termina hoje ou só em 2020? Entenda

Muitos afirmam que a década de 2010 termina em 2019, enquanto que outros defendem que só acaba em 2020. Mas, afinal, quem está certo?

Os acadêmicos que viveram durante a Idade Média adotaram o sistema de numeração romana, que por sua vez não possuía o 0 como numeral. Aliás, o 0 foi um algarismo criado pelos árabes, sendo introduzido no sistema numérico ocidental só muito tempo depois, explica o portal Mega Curioso. 

Ou seja: boa parte do mundo ocidental está sob a regência do calendário gregoriano, estabelecido pelo Papa Gregório XIII em 1582, que trata o nascimento de Jesus Cristo como o ano 1 e não o ano 0. Com o fim do ano 1, vem o segundo ano, e assim por diante até chegar no 10. Dessa forma, as décadas sempre começariam no início dos anos 1 e terminariam no fim dos anos 10 – ou seja, hoje estaríamos na década iniciada no começo do ano 2011, que terminaria no final do ano 2020.

Essa é a mesma lógica seguida na contagem dos séculos e milênios. O século XXI começou no início do ano 2001, o século XX foi do início de 1901 ao fim de 2000, e assim será no próximo.

O “culpado”, por assim dizer, é Dionísio Exíguo, (470-544), religioso e erudito da Europa Oriental que trabalhou em Roma e foi o responsável por estabelecer o sistema de contagem de anos a partir do nascimento de Cristo e, também, por calcular o período da Páscoa, a principal festa cristã.

Em seu sistema, chamado de “anno Domini” (“no ano do Senhor”, em latim), ele estabeleceu o nascimento de Jesus como o ano 1, e não o “ano 0”. Isso significa que uma década depois do ano 1 só ficaria completa no ano 11; um século inteiro só teria transcorrido no ano 101, e assim por diante.

Mas e a matemática?

Agora, pensemos como calculamos a nossa idade. Com exceção da Coreia do Sul, que adota o mesmo método de contabilidade para a idade que é usado no calendário gregoriano, aqui no Brasil (e em tantos outros lugares) a idade de um indivíduo começa a ser contada a partir do nascimento, ou seja, com um ano “0”. Com o passar dos anos, sempre acabamos comemorando o ano completo, e não aquele que se inicia.

Sob essa lógica, a década acabaria agora em 2019. Você comemorou o seu aniversário de 10 anos quando você completou seu décimo ano de vida. Ou seja, neste ponto de vista, seu primeiro ano de vida é o “ano 0”, que se passa antes do seu primeiro aniversário, o segundo ano antes de comemorar 2 anos de vida, e por aí vai.

O uso do zero (não apenas na idade, é bom lembrar) como o conhecemos hoje foi desenvolvido gradualmente por matemáticos da Índia – alguns deles contemporâneos de Dionísio, inclusive. Depois, com o contato entre o Islã e a matemática indiana, surgiram os numerais arábicos, que são os que usamos hoje e que foram popularizados na Europa por volta do século XI.

Um dos possíveis introdutores da nova aritmética no Ocidente foi o clérigo francês Gerbert de Aurillac (946-1003), que, mais tarde, se tornou papa com o nome de Silvestre II. Nas Américas, os maias do México e da América Central chegaram a usar um sistema parecido de forma independente.

E para você, a década acaba hoje?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp chat