ESCRAVIDÃO NO GARIMPO BOA ESPERANÇA EM JACAREACANGA. GARIMPEIRO FOGE E CAMINHA 140 km ATÉ ITAITUBA COM MEDO DE SER MORTO.

PROCUROU NOSSA REPORTAGEM PARA FAZER A DENUNCIA

No BO, o escrivão de policia tem o fato como fatos atípicos. E de fato é atípico em pleno século XXI nossa região ainda registrar crimes que atentam contra a dignidade humana que é a escravidão aonde pessoas humildades são enganadas e obrigadas a trabalhar em condições subumanas e ainda por cima serem roubadas nos  momentos de acertos.

No dia 08 de 05 deste ano Luiz Vanderlei ribeiro ao ter acesso via internet de um anuncio com chamada de emprego para o garimpo Bom esperança em Jacareacanga, não pensou duas vezes e se habilitou a uma vaga. Contatou um homem conhecido que se identificou como Arthur Brandão (vulgo Bigode) e com mais 14 pessoas pegou um avião de pequeno porte em Belém e foi trazido ao garimpo. Tinha a promessa de ganhar dois salários na carteira alimentação e toda logística necessária. Na saia da viagem recebeu 380 reais de ajuda de custo, mas na chegada ao garimpo a verdade era outra.

Luiz Vanderlei nunca recebeu o que foi prometido e ainda tinha descontado tudo que comprava na cantina sempre sem nenhuma sobra.   O garimpeiro denunciou ainda que muitos lá dentro faziam acertos e em seguida eram mortos já próximos a um igarapé.  Com medo de ser morto Luiz e mais dois companheiros fugiram numa varação só com a roupa do corpo, pois seu celular e documentos foram retidos dentro do garimpo para que não se comunicasse com ninguém.

Depois de oito dias pegando carona e andando, ele chegou em Itaituba nesta dia 09 de Dezembro numa segunda feira. Luiz relata seu drama afirmando ter caminhado ainda a pés 140 km até Itaituba, só bebendo água e comendo manga pra não morrer de fome. Em Itaituba não encontrando apio nos órgãos oficiais precisou pedir ajuda para se alimentar e retornar para sua cidade de origem Bragança, no Sudeste do Estado.  O garimpeiro disse que em Ajuruteia tem família, mulher e filhos que não sabem do seu paradeiros pois ficou sem seu celular onde estavam todos os contatos.

TEXTO E FOTOS- NAZARENO SANTOS-EDITOR DO SITE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp chat