Polícia prende voluntários de ONG que atuou no combate a incêndios em Alter do Chão, santuário no norte do Pará Publicado por Beatriz Danielle

A Brigada de Alter é um grupo independente que atua voluntariamente em prol da proteção da floresta e das comunidades de Alter do Chão e região do eixo forte. Os voluntários que compõem a ONG estiveram na linha de frente no combate às queimadas que recentemente atingiram a região.

Hoje, quatro integrantes da Brigada de Alter foram presos e surpreendidos com a busca e apreensão de documentos, sem saber as motivações da ordem de prisão preventiva. Em nota, a Brigada de Alter afirma que estão “em choque com a prisão de pessoas que não fazem senão dedicar parte de suas vidas à proteção da comunidade.”

PUBLICIDADE

Leia a nota completa:

Desde 2018 a Brigada de Alter tem atuado no apoio ao combate a incêndios florestais. Em agosto de 2019 houve um segundo curso dado pelos Bombeiros Militares, Defesa Civil e Secretaria Municipal do Meio Ambiente e Turismo de Belterra que culminou com a formação de mais nove brigadistas voluntários. Eles têm, desde então, se empenhado diariamente em proteger a Área de Proteção Ambiental de Alter do Chão, em paralelo às suas atividades profissionais e pessoais – sempre ao lado do Corpo de Bombeiros.

Nessa madrugada (26/11), a Polícia se dirigiu à residência de quatro membros da Brigada com ordem de prisão preventiva. No momento, membros e apoiadores da Brigada estão apurando o que levou a esse fato. Estamos em choque com a prisão de pessoas que não fazem senão dedicar parte de suas vidas à proteção da comunidade, porém certos de que qualquer que seja a denúncia, ela será esclarecida e a inocência da Brigada e seus membros devidamente reconhecida. Estamos sem acesso à nossa conta do Instagram por onde normalmente nos comunicamos com os nossos apoiadores, esperamos que tudo se restabeleça o quanto antes.

Acompanhe as publicações do DCM no Facebook. Curta aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp chat