Câncer de próstata: prevenção é o melhor caminho

Com o tema “Seja herói da sua saúde”, a Campanha Novembro Azul de 2019 chega para lembrar ao homem o quão é importante a prevenção contra o câncer de próstata, um dos mais incidentes em pessoas do sexo masculino no mundo. A iniciativa visa também quebrar preconceitos acerca do exame de toque (palpação da próstata através do reto, localizado no final do intestino grosso) que é fundamental para o diagnóstico precoce.

Além do toque, é frequente o médico solicitar o PSA, um exame de sangue que pode confirmar o diagnóstico da doença, pois, se a proteína antígeno prostático específico estiver alta, é sinal de que há presença de tumor na próstata. “As causas que influenciam na incidência desse câncer estão diretamente relacionadas à idade do homem, com maior ênfase nos que estão acima dos 60 anos. Há também influência da raça e da geografia, já que se observa maior incidência nos homens de raça negra e menor, nos orientais. A obesidade também tem influenciado no aumento e agravamento da doença.”, ressalta o urologista do HSM, Dr. Sidney Cruz.

Alguns sintomas que devem ligar o sinal de alerta no homem: dificuldade de urinar; demora em começar e terminar de urinar; sangue na urina; diminuição do jato de urina; e necessidade de urinar mais vezes durante o dia ou à noite. De a acordo com o médico, a partir do momento em que o câncer de próstata é diagnosticado, outros exames serão realizados para evidenciar o grau de evolução do tumor e definir o tratamento mais adequado. “Pode ser cirurgia aberta ou minimamente invasiva, radioterapia, braquiterapia, hormonioterapia – para reduzir o nível de hormônio androgênico – e quimioterapia, com uso de drogas para matar as células cancerígenas.”, explica.

Para enfatizar a necessidade de prevenção, Dr. Sidney Cruz acredita que as entidades públicas e privadas precisam atuar em campanhas de orientação e conscientização sobre os cuidados que proporcionem melhor qualidade de vida e saúde ao homem, recomendando, inclusive, que eles procurem o profissional urologista a partir da puberdade. “A dica para todos é ter uma alimentação balanceada e saudável, associada à prática de exercícios físicos e, secundariamente, a partir dos 45 anos, realizar consulta com urologista para exames de PSA, ultrassonografia da próstata, toque retal e outros exames conforme as necessidades.”, indica.

O médico destaca ainda que o HSM está há anos engajado na campanha Novembro Azul e, por meio dela, promove palestras e orientações aos pacientes, distribui material educativo e intensifica os atendimentos ambulatoriais para avaliação da saúde do homem como um todo.

 |

 |

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp chat