Jovem é achado morto em motel após ir a local com amigo e prostituta

mistério

Hallef Lorran Lima Bezerra, 24 anos, foi encontrado morto com um tiro na cabeça dentro de caminhonete | Arquivo Pessoal

A dinâmica de uma morte intriga a cidade de Porto Velho, no Estado de Rondônia: dois amigos chegaram a um motel acompanhados de uma garota de programa, no final da manhã do último sábado (17), mas, após algumas horas, um deles foi achado morto dentro de uma caminhonete com um tiro na cabeça. A Polícia Civil de Rondônia investiga o caso. 

De acordo com informações do portal “Rondônia Agora”, Hallef Lorran Lima Bezerra, 24 anos, foi encontrado morto com um tiro na cabeça dentro de uma caminhonete modelo S10, de cor prata, na garagem de uma suíte de luxo de um motel da capital.

Hallef chegou ao motel acompanhado de um amigo, de 29 anos, que não teve a identidade revelada. Em seguida, chegou ao local uma garota de programa de 38 anos. O amigo declarou que enquanto ele mantinha relações sexuais com a mulher, Hallef usava drogas. Em dado momento, Hallef resolveu ir para a caminhonete que estava estacionada na suíte do motel. 

O amigo afirmou ainda que, quando concluiu o ato sexual com a garota de programa, foi até a caminhonete pegar sua carteira para pagar o programa e teria se deparado Hallef caído, com a cabeça ensanguentada. Segundo o amigo, nesse momento ele viu que tinha uma pistola no porta-luvas do veículo.

VERSÃO DA GAROTA

De acordo com a prostituta que estava no motel com os dois, ela recebeu uma ligação de uma amiga, por volta das 8h30, pedindo que a substituísse em um programa sexual no motel. Ela aceitou e chegou ao local por volta das 9h. 

A mulher afirmou que os dois amigos ingeriam bebida alcoólica e consumiam cocaína. Hallef estaria muito agitado, andando pelo quarto, enquanto ela mantinha relações com o amigo. Em determinado momento, Hallef saiu do quarto.

Por volta das 10h, após acabar o tempo do serviço sexual, o amigo de Hallef foi até a caminhonete buscar dinheiro, mas voltou desesperado, afirmando que o jovem de 24 anos tinha se matado.

A garota de programa foi conferir a situação e, muito assustada, acionou a Polícia Militar. O amigo de Hallef foi detido por porte ilegal de arma de fogo e receptação, já que a arma consta no sistema de restrição de roubo no Estado do Acre.

O corpo foi levado ao Instituto Médico Legal para exames mais detalhados. O laudo da perícia deve ficar pronto em um prazo de no máximo 30 dias.

(Com informações do portal Rondônia Agora)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp chat