Suspeito de participação em morte de PM é morto em Castanhal

Homem estaria em uma casa com outros três indivíduos. Policiais alegam que ele reagiu à abordagem

menos um…
https://www.oliberal.com/img/ol-twitter.png
https://www.oliberal.com/img/ol-whats.png

15.08.19 14h04

Reprodução Redes Sociais

No começo da manhã deste feriado (15), agentes do Grupo Tático Operacional (GTO) se envolveram em uma ação que terminou na morte de Tiago dos Anjos Santos, também conhecido como Chapulha, no bairro Portelinha, em Castanhal, nordeste paraense. 

Segundo o comando do 5º Batalhão da de Polícia Militar (BPM), era por volta de 7h25 quando a guarnição chegou ao endereço, após o recebimento de informações repassadas via Núcleo Integrado de Operações (Niop), que diziam que no local, estava escondido um homem que teve participação na morte do 3º sargento Raimundo Teixeira da Costa, que morreu após ser ferido a tiros em uma atentado na noite desta 22 de março, em uma lanchonete em Castanhal.

Leia mais

Morre policial militar baleado em Castanhal

Suspeito de assassinato de sargento da PM é morto em São Francisco do Pará

Segundo o relato dos policiais, Tiago e outros três homens que estavam na casa atiraram contra a guarnição, sendo que os policiais alegam que não tiveram outra opção a não ser reagir. Tiago foi atingido e levado pelos próprios membros do GTO até a Unidade de Pronto Atendimento (UPA), onde já chegou sem vida.

Após a morte do suspeito, os policiais foram até a Seccional Urbana de Castanhal registrar o caso, que foi caracterizado como “morte por intervenção policial”. Ainda de acordo com o comando da Polícia Militar de Castanhal, vinculado ao 3º Comando de Policiamento Regional (CPR III) com o suspeito morto, foi apreendida uma arma de fogo. Os outros homens que estariam na mesma casa onde Tiago foi baleado não foram localizados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp chat